Categorias
Futebol

Diego Costa segue com futuro indefinido, mas prefere atuar no Brasil

Aos 32 anos, o atacante Diego Costa ainda não fechou com um novo clube depois de sua rescisão com o Atlético de Madrid, da Espanha. Deste modo, ele continua livre no mercado e avaliando ofertas. O brasileiro naturalizado espanhol prioriza acordos com clubes brasileiros.

Conforme a mídia esportiva, ele gostaria de atuar no Palmeiras. Recentemente, tio do jogador, Jogner Costa, tem vontade de vestir a camisa do Verdão, que ainda não se movimentou para abrir negociação. Segundo o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo Esportes, o centroavante já sinalizou que diminuiria a pedida para retomar as tratativas.

“O Diego pediu R$ 2 milhões por mês no primeiro encontro com o Palmeiras. Hoje, ele topa ganhar menos do que isso para fechar”, afirmou uma pessoa próxima à família do atacante. Depois de 15 anos na Europa, ele deseja jogar por um time no Brasil pela primeira vez profissionalmente.

“Ele tem uma proposta da Turquia (Besiktas) e outras sondagens. Mas a intenção é ficar por aqui, mais perto da família e do time que ele é dono (Lagarto). Até por isso tudo, fechar com o Palmeiras seria o sonho”, destacou.

Diego Costa toparia reduzir pedido salarial

No entanto, a primeira pedida de dois milhões de reais por mês dificultou a continuidade das conversas. O Palmeiras sequer apresentou uma contraoferta e não voltou ao assunto. Conforme a fonte, as conversas iniciaram quando Alexandre Mattos ainda era executivo do Palmeiras.

Vale lembrar que Diego Costa não joga profissionalmente desde o fim do ano passado e disputou somente sete jogos na última temporada. É importante frisar que o Palmeiras mudou drasticamente a sua postura no mercado da bola desde 2020 e não tem feito muitas contratações.

Neste ano, o único reforço foi o volante Diego Barbosa, emprestado até o fim do ano. Outro nome reintegrado ao elenco foi o centroavante Deyverson, enquanto o atacante Dudu deve voltar a treinar na Academia de Futebol nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *